domingo, 20 de julho de 2008

Arremesso de dardo


Continuando as postagens diretamente do Canada, onde nao tenho acentos na Lingua Portuguesa, vou falar da prova do arremesso de dardo, tanto para homens quanto para mulheres.

Entre as mulheres, deveremos ter um belo duelo entre Republica Tcheca e Alemanha. No ultimo mundial, as quatros primeiras colocadas eram destes paises e esse ano as melhores marcas pertencem as mesmas atletas.
Pelo lado tcheco competira Barbora Špotáková. Ela venceu o mundial do ano passado, sua primeira conquista importante, e tem as duas melhores marca deste ano. Sua compatriota Nikola Brejchova, quarta colocada em Atenas e oitava em Sydney nao conseguiu uma boa
marca esse ano mas esta cotada entre as favoritas.

Pelo lado germanico, Christina Obergföll foi medalha de bronze nas ultimas duas edicoes do mundial e agora tenta a medalha de ouro olimpica. Ela tem a terceira melhor marca do ano, sendo a segunda melhor atleta.
Outra alema e a experiente Steffi Nerius. Ela ira para sua quarta olimpiada, depois da oitava posicao em Atlanta, quarta em Sydney e medalha de prata em Atenas. Ela tem a quarta melhor marca da temporada e foi medalha de bronze nos ultimos tres mundiais.

Mas, a briga nao se resumira a atletas destes dois paises. A cubana Oseydes Menendez, medalha de bronze em Sydney, ouro em Atenas e duas vezes campea mundial estara muito forte na prova. Ela, que nao disputou o mundial do ano passado, tem a quarta melhor marca da temporada e tem tudo para voltar ao topo.

Aposta
Steffi Nerius(ALE)- Ouro
Oseydes Menendez (CUB)- Prata
Barbora Špotáková (RTC)- Bronze

NOS JOGOS OLÍMPICOS
Barbora Špotáková conseguiu a medalha de ouro graças ao brilhante arremesso na última tentativa, com 71m42, batendo o recorde europeu da prova. Ela vinha na segunda posição com 69m22, atrás da russa Maria Abakumova que tinha feito 70m78 na terceira tentativa. Porém, jogou a pressão para o lado da russa na última tentativa, quando fez uma marca melhor e assumiu a primeira posição. Pressionada, Abakumova não passou de 67m52 e ficou com a prata.
Christina Obergföll ficou, assim como nos últimos mundiais, com a medalha de bronze, com a marca de 66m13 conquistada logo na primeira tentativa. Steffi Nerius ficou na quinta posição, não conseguindo lançar seu melhor. Oseydes Menendez conseguiu apenas um arremesso válido na final e ficou na sétima posição.


Entre os homens, o filandes Tero Pitkämäki e o principal favorito ao ouro. Medalhista de ouro no ultimo mundial e oitavo nos ultimos Jogos Olimpicos, ele tem a terceira melhor marca da temporada.
Porem, tera muitos adversarios com chances de bate-lo. A comecar pelo seu compatriota Antii Ruuskanen, que tem a terceira melhor marca da temporada e pode surpreender, mesmo sem ter conquistado resultados importantes na carreira.

O noruegues Andreas Thorkildsen talvez seja seu maior adversario. Campeao olimpico de 2004 e vice do mundial do ano passado, ele tem a segunda melhor marca do ano e se mostra em forma para repetir o ouro de quatro anos atras.
Quem tem a melhor marca do ano e o australiano Jarrod Bannister. Ele, que sequer passou das eliminatorias do ultimo mundial, arremessou 89m02 em Brisbane para ser o melhor do ano ate entao.

Outro medalhista olimpico que estara na prova e o russo Sergey Markarov. Bronze nas ultimas duas edicoes das olimpiadas, ele nao passou das classificatorias no ultimo mundial mas este ano ele ja tem a quinta marca da temporada.
Medalhista de prata em Atenas, o letonio Vadims Vasilevskis e outro que chega com chances reais de medalha. Ele foi quinto no ultimo mundial e tem a sexta melhor marca do mundo este ano.
O sul-africano Jonh Robert brigara por fora pela medalha. Quinto no ultimo mundial, foi campeao da super final de 2006 e tem boas marcas esse ano.

Aposta
Andreas Thorkildsen (NOR)- Ouro
Vadims Vasislevskis(LET)- Prata
Tero Pitkämäki (FIN) - Bronze

NOS JOGOS OLÍMPICOS
Andreas Thorkildsen conseguiu a medalha de ouro até com uma certa facilidade, com a marca de 90m57, alcançada no penúltimo lançamento, quando já liderava a competição. A marca foi recorde olímpico.
Vadims Vasislevskis conseguiu a medalha de prata de forma brilhante. Ele era o sexto colocado até a última das seis tentativas, quando lançou 86m64, a melhor de sua vida, que lhe rendeu a prata.
Tero Pitkämäki, com 86m16, foi medalha de bronze, a frente de dois outros finlandeses: Tero Vargenpaa e Teemu Wirkaala.

3 comentários:

estevamluiz disse...

Guilherme, vc tá fazendo umas análises erradas no seu blog.

Não adianta pegar só o ranking de 2008 e achar que tudo está ali. Tem gente que em 2007 foi líder de ranking e nesse ano nem competiu a sério ainda.

Nessa prova do dardo masculino, tem um AMERICANO chamado BREAUX GREER que acabou com a supremacia nórdica e fez 91m ano passado. Nesse ano acho que nem competiu. Se ele for pra Olimpíada 100% ganha ouro.

Guilherme Giorgi Costa disse...

Amigo, ele nao vai para olimpiada pelo que eu pesquisei...Ele sequer disputou as seletivas norte americanas, se quiser pode entrar no site das seletivas e veja vc mesmo...

E eu nao pego apenas o ranking de 2008 como parametro! Vejo o desempenho do atleta nos ultimos anos, citando medalhas em mundiais e em Super Finais!

Mas obrigado pela critica, vo procurar me embasar menos no ranking de 2008. Mas e dificil, afinal e a temporada que estamos vivendo e dificlmente alguem que nao disputou NENHUMA PROVA NESTE ANO va para as olimpiadas daqui a 20 dias!

Abracos

Nanekinhá disse...

\o/