terça-feira, 22 de julho de 2008

Maratona


A maratona e a prova mais tradicional dos Jogos Olimpicos. Consiste em 42,195m de percurso e tem a participacao de cerca de 100 atletas no masculino e 50 no feminino. A prova dos homens fecha o programa dos Jogos Olimpicos, com a premiacao feita durante a cerimonia de encerramento do evento. Lembrando que continuo no Canada e sem acentos da Lingua Portuguesa, vou falar dos favoritos para a prova, apesar de ser bem complicado citar os candidatos ao podio numa prova tao imprevisivel.

Entre os homens, o Quenia tera a participacao de Martin Lel, Robert Cheruiyot e Samuel Wanjiru. Lel venceu as seletivas do pais e esse ano venceu a maratona de Londres com o tempo de 2h05min15s, menos de 1s do recorde mundial e que consiste no segundo melhor tempo da temporada.
Cheruiyot e um velho conhecido dos brasileiros, ja que ele constantemente disputa a Sao Silvestre nas ruas paulistanas. Ele tem apenas a vigesima quinta melhor marca do ano com 2min07s46, mas vale lembrar que 17 dos 24 que estao a sua frente no ranking de tempos de 2008 sao do Quenia, que so levara tres para Pequim. O tempo foi conquistado na maratona de Boston esse ano, prova em que conseguiu o tri campeonato.
Wanjiru e o menos conhecido dos atletas do pais na prova. Ele foi vice campeao da maratona de Londres esse ano com 2h05min24s, melhor tempo de sua carreira.

Para variar, como acontece em todas as provas de fundo, o grande rival do Quenia e a Etiopia. Haile Gebrselassie, super campeao das provas dos 10000, ira disputar apenas a mais longa das corridas em pista, abrindo mao da maratona. O etíope desistiu do evento de mais de 42km disputado nas ruas de Pequim por causa da poluição na cidade, o que comprometeria sua saúde, pois Gebrselassie sofre de doenças respiratórias.
Com isso, a equipe da Etiopia sera composta por Tsegaye Kebede, Deriba Mergia e Gudisa Shentema
Kebede tem como melhor tempo 2h06min40s feitos em Paris, esse ano, onde venceu a prova e se mostrou um dos grandes candidatos ao podio olimpico.
Mergia tem o oitavo tempo da temporada ao chegar em sexto na maratona de Londres, a prova que envolveu os melhores atletas do mundo na atualiadade. O tempo de 2h06min58
feitos na prova e seu recorde pessoal.
Shentema foi quarto na maratona de Paris com 2h07min34. Ele nao terminou o mundial do ano passado, quando estava entre os primeiros colocados abandonou, e agora ira com tudo tentar a medalha.

Porem, ao contrario das provas de fundo de pista, a medalha nao devera ser disputada apenas pelos dois paises. Muito pelo contrario, muitos atletas tem chances reais de medalha.
Muburak Shami, do Qatar, foi vice campeao mundial do ano passado na prova em Osaka. Seu melhor tempo na carreira e 2h07min19 e ele tem esse ano 2h08min23.
O suico Viktor Rothilin foi medalha de bronze no mundial de Osaka e esse ano ja tem um tempo de 2h07min23s, feitos na conquista da maratona de Toquio. E um fortissimo candidato a medalha.
O americano Ryan Hall e o mais forte da equipe de seu pais. Hall tem o sexto melhor tempo da temporada com a quinta posicao na fortissima maratona de Londres.
De Marrocos, dois fortissimos candidatos para medalha. Abdeharrime Goumri, terceiro na maratona de Londres esse ano com 2h05min30s e Abdeharrime Bourandane, vice campeao da maratona de Boston.
O brasileiro Marilson Gomez, que tem como recorde o tempo de 2h08min venceu a maratona de Nova York de 2006 e chega como um dos possiveis medalhistas.
O time japones tambem tera fortissimos corredores. Osaki Satoshi foi sexto no ultimo mundial e esse ano tem uma das 15 melhores marcas da temporada. Tsioshi Ogata foi o melhor do pais no ultimo mundial, na quinta posicao, mas esse ano nao tem nenhuma boa marca e provavelmente nao correra em Pequim. Nao consegui achar em nenhum site a equipe japonesa, mas sei que Satoshi estara nela. O time japones em Osaka, ano passado, ficou com tres corredores entre os sete primeiros colocados, mas muito em conta do tracado da prova ter sido feito conforme a especialidade dos japoneses. Porem, nao se pode negar que a equipe e muito forte. Arata Fugiwara e Yuzo Onishi devem ser os outros nomes pois tem as melhores marcas japonesas do ano.

Da Eritreia Iared Asmerom , quarto colocado no ultimo mundial, chegara em Pequim como um dos favoritos. Ele fez 8min08s34 esse ano e deve chegar entre os primeiros colocados em Pequim.

Aposta
Robert Cheruiyot (QUE)- Ouro
Viktor Rothilin (SUI) - Prata
Tsegaye Kebede (ETI) - Bronze

NOS JOGOS OLÍMPICOS
Na prova mais difícil de se prever, medalha de ouro para o queniano Samuel Wanjiru com a marca de 2h06min32s, com o recorde olímpico. A maior surpresa no final foi a ultrapassagem de Tsegaye Kebede sobre Deriba Merga, já dentro do estádio, para garantir o bronze já nos metros finais. A medalha de prata ficou com o marroquino Joauad Gharib. Viktor Rothilin foi sexto colocado.


A prova feminina e menos inchado. Sao cerca de 50 competidoras, mas nao e por isso que a prova sera menos equilibrada.
Do Quenia irao Catherine Ndereba, Martha Komu e Selina Kosgei.
Catherine Ndereba e a atual campea mundial e tem tudo para levar o bi campeonato. Porem, esse ano ainda nao fez uma marca boa, mas provavelmente por estar se focando 100% nos Jogos Olimpicos.
Komu tem a melhor marca queniana na prova com 2h25min33s, feitos na maratona de Paris em que ficou com o titulo. A terceira queniana, Kosgei, foi quarta colocada na maratona de Londres e tem boas corridas em Toquio, esse ano, e Paris ano passado.

Pela Etiopia, correrao Berhane Adere e Gete Wami Adere tem o segundo melhor tempo da temporada mas nunca conseguiu resultados expressivos na maratona, apenas nas provas de 10000. Porem, tem a segunda marca da temporada e por isso e uma das favoritas a medalha. Ja Wami, que tambem ja foi medalhista olimpica nas provas de 5000 e 10000, foi terceira colocada na maratona de Londres esse ano e tem chances reais de medalha.
Outra etiope na prova devera ser Magarsa Assalle, que tem o quinto melhor tempo da temporada. Porem, ainda nao sei se ela sera a representante do pais, ja que nao achei em nenhum lugar a equipe completa da Etiopia. Apenas as duas primeiras citadas sao certezas na equipe diante das minhas pesquisas.

A China tera sua grande chance de conquista de ouro no atletismo feminino. Yingying Zhang tem a melhor marca da temporada com 2h22min38 e mesmo com apenas 17 anos e uma das apostas do pais anfitriao. Outra maratonista, Chunchiu Zhou foi medalha de prata no ultimo mundial e esse ano venceu a maratona de Seul. A outra chinesa devera ser Xue Bai que com 2h23min27s fez sua melhor marca na carreira esse ano.
A Russia tera Galina Bogomoleva como principal nome. Ela venceu a maratona de Roma esse ano e tem o terceiro melhor tempo da temporada.
A equipe japonesa tambem vira forte, mas nao consegui achar quem serao as atletas. Porem, provavelmente sao Reiko Tosa, medalha de bronze no ultimo mundial, Tomo Morimoto, que tem um dos 10 melhores tempo da temporada, e Yurika Nakamura, que venceu a forte maratona de Nagoya.

A britanica Paula Redclife, que era favorita em Atenas mas abandonou as disputas, ira entrar forte, mesmo sem marcas expressivas esse ano. A alema Irina Makitenko venceu a maratona de Londres deste ano com o sexto melhor tempo da temporada.

Aposta
Catherine Ndereba (QUE)- Ouro
Yingying Zhang (CHN)- Prata
Gete Wami (ETI)- Bronze

NOS JOGOS OLÍMPICOS
Depois da vitória tranqüila da romena Constantina Tomescu (2h26min44), o público viu um duelo até os últimos metros entre China e Quênia. A queniana Catherine Ndereba (2h27min06) guardou energias para uma explosão na reta final e levou a prata, repetindo o feito de Atenas-2004, deixando a chinesa Chunxiu Zhou (2h27min07) com o bronze.
A britânica Paula Radcliffe, recordista mundial da prova (2h15min25), ficou para trás durante o percurso e não se recuperou a ponto de disputar medalha. A atleta sofreu recentemente uma lesão no músculo da coxa e chegou a ser dúvida para estas Olimpíadas.A partir do quilômetro 19, Tomescu, de 38 anos, assumiu a liderança, correndo junto ao primeiro grupo de maratonistas, ainda com Radcliffe em terceiro. Dez quilômetros depois, a romena mantinha em torno de um minuto de vantagem, que se manteve até o fim da prova.

Um comentário:

estevamluiz disse...

Maratona é a prova mais impossível de se chutar um provável vencedor. São muitos atletas bons e é impraticável determinar se um cara vai ou não correr bem, a prova é muito longa e o que realmente influencia é "como o atleta acordou no dia", coisa que é impossível de se medir.